quinta-feira, 31 de maio de 2007

ANTONIO NÓBREGA - MADEIRA QUE CUPIM NÃO RÓI (1997)


Antonio Nóbrega, nascido no Recife, Pernambucano, em 1952, violinista desde criança no final dos anos 60 participava da Orquestra de Câmara da Paraíba e da Orquestra Sinfônica do Recife quando convidado por Ariano Suassuna passou a integrar, como instrumentista e compositor o Quinteto Armorial - o mais importante grupo a criar uma música de câmara erudita brasileira de raízes populares.A partir de 76 começa a desenvolver um estilo próprio de concepção em artes cênicas, dança e música, apresentado a partir de então os espetáculos “A Bandeira do Divino”, “A Arte da Cantoria”, “Maracatu Misterioso”, “Mateus Presepeiro”, “O Reino do Meio Dia”, “Figural”, “Brincante”, “Segundas Histórias” e “Na Pancada do Ganzá” com grande sucesso no Brasil e exterior, com prêmios como “Shell”, “APCA” e “Mambembe”. Em 1997, lança o espetáculo, acompanhado do CD homônimo, “Madeira Que Cupim Não Rói” viajando pelas capitais brasileiras.Em 98 lança o espetáculo “Pernambuco falando para o Mundo” novamente acompanhado de CD. No ano de 1999, participa do Festival D’Avignon (França) com o espetáculo “Pernambouc” preparado especialmente para o público francês.Em 2000, estréia em Lisboa “o Marco do Meio Dia”, espetáculo produzido sob os auspícios da primeira Comissão Nacional para as Comemorações do V Centenário do Descobrimento do Brasil, com o qual se apresentou em Paris, Hannover e em várias cidades brasileiras. O ano de 2002 é marcado pela estréia do espetáculo “Lunário Perpétuo” e pelo lançamento do CD homônimo.Juntamente com Rosane Almeida idealizou e dirige o espaço cultural Teatro e Escola Brincante, em São Paulo.


Faixas:

1. Abricao Do Portas
2. Canudos
3. Cheganca
4. Quinto Imperio
5. Olodumare
6. Nascimento Do Passo
7. Andarilho
8. O Vaqueiro E O Pescador
9. Quando As Glorias Que Gozei...
10. Madeira De Cupim Nao Roi
11. Corisco
12. Monga
13. Coco Da Lagartixa
14. Maracatu Misterioso
15. Rasga Do Nordeste
16. Licao De Namoro
17. Sambada Dos Mestres
18. Vou-Me Embora


download

Nenhum comentário: